EM ALTA

Martini - Advocacia, Assessoria e Consultoria Jurídica

Ouro Preto do Oeste está virando uma Cidade Fantasma


Vamos combinar. Eu tenho certeza que você conhece muitas pessoas que estão querendo ir embora de Ouro Preto do Oeste e outras que já foram. Acertei?

Seja pra outra cidade, pra outro estado, ou até mesmo pros Estados Unidos, tentar o tão famoso 'sonho americano'.

E eu não tiro a razão delas. Todos tem o direito de tentar algo melhorar para suas vidas, ganhar mais dinheiro, dar um bom futuro para suas famílias e etc.

Mas quando eles vão, a hipocrisia fica.

Como o foco desse post é a nossa cidade, vou focar na administração atual.

Todos sabemos que o foco do prefeito atual não é trazer melhorias para a cidade, e sim melhorias para o seu nome. Ele já teve a oportunidade de ficar oito anos no poder, e o que fez?

Destruiu construções históricas e importantes para a cidade, desmantelou praças, acabou com o esporte local e transformou o bosque municipal em um ponto de drogas para os noiadinhos da cidade.

Leia: 4 locais de Ouro Preto do Oeste que não deveriam ter sido destruídos

Teve a oportunidade de pegar uma cidade com dois deputados estaduais em exercício, um deles sendo seu irmão. Teve tudo para, naquela época, transformar Ouro Preto do Oeste na MAIOR E MELHOR CIDADE DA REGIÃO CENTRAL DO ESTADO DE RONDÔNIA, mas ... sabemos o que realmente aconteceu.

O prefeito, sendo um empresário de sucesso, deveria fazer uma campanha de incentivo à instalações de empresas na cidade. Mas, será que ele tem medo da concorrência? Porque não faz isso?

E, conforme os anos passam, os jovens crescem e vem a necessidade de trabalhar. E o trabalho em Ouro Preto não anda nada bem.

As vagas de empregos em Ouro Preto é, majoritariamente, via comércio. E, muitas vezes, os comerciantes exigem experiência para contratar. Mas, como ter experiência se ninguém dá oportunidade?

Não temos indústrias aqui, pois FALTA INCENTIVO para que elas se instalem. E as indústrias são uma forte fonte de emprego, pois precisam de muita mão de obra e dão mais oportunidades para iniciantes no mercado de trabalho.

Então, existem quatro opções para o jovem ouropretense oestino que quer trabalhar:

  1. Participar de concurso público;
  2. Ser portariado;
  3. Tentar empreender;
  4. Ir embora daqui.

A maioria vai embora e eu posso listar vários aqui rapidamente.

Tenho primos que foram pro Mato Grosso, meus cunhados também foram trabalhar lá. Meu tio foi pros Estados Unidos, minha prima também, vários amigos foram pra Portugal e Espanha. Eu passaria linhas listando aqui, mas vamos direto ao ponto.

Muitos se vão, e a hipocrisia fica. Pois muitos que vão votaram no atual prefeito. Mas porque não ficaram para saborear dos louros de sua vitória?

Se votaram, é porque confiaram que seria muito melhor. Mas porque foram embora?

É como se eu votasse no Bolsonaro, confiando que seria o melhor pra nação e fosse embora do Brasil porque está difícil viver. Então meu voto seria vão e minha atitude hipócrita.

Se foram, é porque aqui não dava mais. E por que não dá? Porque nosso prefeito não colabora.

"Conseguiu" agora o 'Tchau Poeira', que é um projeto de asfaltamento de ruas, criado pelo Governo do Estado (onde ele (o prefeito), em seus vídeos de divulgação, nem deu os créditos ao governo). E que já começou por onde EXISTE ASFALTO e as ruas com POEIRA, continuaram com POEIRA.

"Trouxe" um projeto de criação do estádio municipal (que ele mesmo destruiu no seu último mandato mesmo tendo a verba e o projeto, não o construiu) e eu só acredito quando ele estiver pronto.

Mas emprego que é bom, é igual a peixe aqui: NADA!

As lojinhas abrem e fecham na cidade. Conheço alguns que empresários que estão prontos para irem embora empreender em outras cidades porque a nossa está ficando DESERTA.

E assim, Ouro Preto do Oeste se encaminha para uma CIDADE FANTASMA. Onde os únicos locais serão concursados, portariados, grandes empresários que semi-escravizam seus funcionários que não pensam em crescer e bolas de mato rolando nas ruas sem asfalto (estilo velho oeste) com o assovio de 'Um Dólar Furado' ao fundo.

Pois, quem pensa em crescer não quer viver em uma cidade que parou de crescer a uns 16 anos atrás.

Paulo Jhonatan

O blog vive eternamente e sem censura

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião

Postagem Anterior Próxima Postagem