EM ALTA

Martini - Advocacia, Assessoria e Consultoria Jurídica

Você já foi passear na Carreta da Alegria?

Galera, a Carreta da Alegria está na cidade. E você já foi dar uma volta?

Relaxa. Eu sei que você já sabe disso. Afinal, já estão aí a quase um mês e as crianças estão se divertindo pra caramba. Desde que você tenha dinheiro. E se não tem, pede um vale pro patrão, pega emprestado com um amigo ou cobra aquele que ta te devendo, mas vai.

E porque eu digo isso?

Porque estamos recebendo uma galera que está fazendo uma turnê pelo Brasil, passando por várias cidades, estados, conhecendo pessoas e lugares diferentes. E querendo ou não, eles acabam fazendo divulgação das cidades que eles passam. E essa divulgação pode ser boa ou ruim.

Quando recebemos bem os visitantes na nossa cidade, eles tem uma visão boa de nós e podem falar bem da nossa cidade e hospitalidade por onde passarem. E sempre tem essa galera que viaja pelo país como circos, parques, viajantes, mochileiros e etc. A recepção que recebem em cada lugar, eles sempre levam pra frente. E vamos combinar, estamos precisando de uma boa imagem pra nossa cidade, não é mesmo!?

Existe um ditado que diz: "A primeira impressão é a que fica".

Se não participarmos do entretenimento que eles trazem até nós, vão nos intitular como uma cidade morta, ruim, introvertida, que não se diverte, nãos e mistura, etc. Outra coisa que deveria ter mas eu não vi é o apoio da prefeitura municipal a esses artistas como divulgação, parceria, campanha de incentivo; e u não vi nenhuma foto ou vídeo dessa galera na página oficial da prefeitura, infelizmente.

Mas pra que isso? Para gerar o envolvimento da cidade à atração e, novamente, a relação de interesse. Se esses artistas passam por várias cidades, devem conhecer vários empresários e pessoas importantes. Falando bem da nossa cidade, pode abrir os olhos dessas pessoas para um possível investimento ou pelo menos a vontade de conhecer nosso município. E assim vai.

A população também deve ajudar com o poder da gentileza. Não negue água aos meninos, ofereça café, bolo, aquele típico comportamento gentil das pessoas do interior. Aproveita pra tirar uma foto, fazer um vídeo, mandar no grupo da família, postar nas redes sociais. Tem que ser digital pra fazer o nome da nossa cidade circular.

O que o ouro pretense do oeste gosta e tem é de alegria, diversão e etc. Então vamos dar isso a eles. E conseguir  pessoas que falem bem de nós, parcerias para isso é a meta principal. Quem sabe se pensássemos assim, o teatro municipal teria eventos regularmente, pois temos uma estrutura incrível, mas que infelizmente está abandonada.

E a mensagem é essa. Se não passeou na carreta da alegria ainda, não perca tempo. Leve toda a família e mostre que de alegria o ouro pretense rondoniano entende. Vai lá que, se não me engano, é 15 reais pra passear na carreta; e olha, eles andam pra caramba.

Assista ao vídeo abaixo:


Postagem Anterior Próxima Postagem