EM ALTA

Martini - Advocacia, Assessoria e Consultoria Jurídica

Ouro Nerd do Oeste

A cultura nerd é um fenômeno encontrado em todo lugar. Por onde você anda, você encontra referências nerds. O que nas décadas passadas era tratado com deboche e desprezo por muitos, hoje é unanimidade em sucesso.

Nos cinemas, séries, programas, jogos (sempre foi), roupas, comidas, músicas, chega kkkk. A cultura nerd está em todo lugar e você não pode fugir dela.

Se você assistiu muito desenho ou leu hq's quando era pequeno, você se encaixa nesse grupo também. Se você jogou muito videogame ou ainda se pega assistindo um Vingadores, tenho más notícias pra você. Ou boas não é mesmo.

► Leia também:

Não precisa ficar triste em ser chamado de nerd, porque ser nerd é muito bom. Lembre-se que se agora você está lendo este post no celular ou no computador, tablet, que seja, foi um nerd que o criou.
Se você gosta muito de Netflix, os nerds desenvolveram aquele sistema; e se você se amarra critica os nerds na rede social, se preocupe, porque os nerds a fizeram também.

AVISO: CRITIQUE OS NERDS COLANDO CARTAZES NA RUA, NÃO NA TV OU REDE SOCIAL. ESSA É UMA ÁREA NERD.

Mas tem um porém. Por mais que a nerdisse esteja em tudo, nem tudo está nela. E nós que curtimos muito esse estilo, nos sentimos triste quando estamos em um lugar onde se é difícil compartilhar assuntos, histórias, teorias, críticas e outras coisas.

Falando em termos de Brasil, muitas cidades possuem lugares específicos para o encontro dessa classe social, como bares, restaurantes, lanchonetes, etc. Lugares temáticos que, por mais que você não acredite, reúne muita gente. Pelo que fiquei sabendo através da minha fonte nérdica mais confiável, o Paraná possui uma das maiores (senão a maior) comunidade nerd do Brasil. Oh vontade de ir pra lá.

E Ouro Preto do Oeste, tem nerd?
Hellooo!!! Você não leu lá em cima?

Eu disse que a nerdisse está em todo lugar, e também expliquei que nem tudo está nela. Esse camaradinha que vos escreve se considera bem nerd, ou ao menos um geek transcendente.

Continuando...

Ouro Preto do Oeste, mesmo sendo pequeno, tem seus nerds espalhados por aí. Muitas vezes escondidos sem aquela motivação e coragem para se mostrar, outras vezes andando pelas lojas procurando artigos que os agradem, ou mesmo em suas casas assistindo suas séries e animes.

Na minha opinião, tem os nerds poser's, que pegam carona na onda, mas não sabem o nome de dois personagens de star wars; e tem os nerds raíz, que já passaram pelas fases da nerdisse desde a infância.

Mas já indo pra onde quero chegar...

Quero dizer, com toda essa enrolação, que as cidades deveriam ter locais específicos para os nerds. Não as cidades em si, mas os empresários. Eles sim deveriam abrir os olhos para essa classe que cresce a cada dia e implementar em suas lojas sessões apenas de artigos nerd/geek, os donos de restaurante poderiam colocar lanches com nomes voltados para o público nerd. Seria interessante até para a pessoa normal experimentar um Samurai X-Burger, ou um Yu Yu Hakushorro Quente, tomar um Milk Shakeskywalker. (risos)

+ Veja mais:
Muitas vezes, trabalhando nas lojas da cidade, presenciei pessoas que buscavam por produtos nerds e não encontravam em lugar algum. Triste não?

Os organizadores de eventos mesmo poderiam organizar encontros nerds, incentivando a cultura cosplay no nosso município e, quem sabe, sermos referência na região, estado ou país.

Temos que inovar, andar no ritmo do mundo, se adaptar às novas tendências e, enfim, lucrar, se divertir, alcançar os objetivos, trazer algo novo e fazer diferente.

E na sua opinião? O que você pensa sobre a cultura nerd?

Comente logo abaixo. Vou adorar ler sua opinião.


Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião

Postagem Anterior Próxima Postagem