EM ALTA

Martini - Advocacia, Assessoria e Consultoria Jurídica

A polêmica do HINO NACIONAL

Fala meus brothers e brothars, tudo bereuza com vocês?

Pra você que é intelectual e acompanha as discussões do momento no nosso país, as decisões políticas do novo governo, os xiliques da esquerda contra algumas atitudes tomadas, entre outras coisas que a mídia nos mostra, com certeza você ficou sabendo da polêmica do hino nacional.

Se você não ficou sabendo, vou resumir: O ministro da educação, Ricardo Vélez, enviou uma carta para as escolas, pedindo que elas, voluntariamente, filmem os alunos cantando o Hino Nacional após a leitura de uma carta que continha o slogan da campanha de Jair Bolsonaro (Brasil acima de tudo, Deus acima de todos). Essa é a polêmica.

E isso causou uma revolta sem tamanho na oposição. Eles usavam argumentos como "chegou a ditadura".

Mas se você percebeu, não foi uma ordem, foi um PEDIDO. E o que tem demais nisso? Cantar e saber a letra do hino nacional do seu país deveria ser uma lei para qualquer cidadão. Se ser patriota é um mal, o que é 'ser bom' para um país?

Outros disseram que 'o erro do ministro foi colocar o slogan da campanha do Bolsonaro na carta'. Você se lembra qual é o slogan da campanha do Bolsonaro? Recorde: "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos". Na minha opinião, esse deveria ser o lema de todo brasileiro que tem fé, não só em Deus, mas no país. Sendo ateu, coloque outra palavra no lugar de Deus, como: "Brasil acima de tudo. Paz acima de todos". Daria certo também.

Aí, após a polêmica instaurada, o nosso presidente se pronunciou: "Peça desculpas e desfaça". Tudo bem. Criar crises no início do mandato de presidente não é uma boa alternativa.

Okey! Agora a minha opinião.

Se você é da geração x, anos 90, você se lembra que todos nós cantávamos o hino nacional enquanto hasteávamos a brandeira? Todo mundo em fila, um braço de distância e esse momento era muito emocionante para nós, que ficávamos ali, ao pé do mastro puxando a cordinha que elevava a bandeira da nossa nação ao nível mais alto.

Por mais que éramos crianças, mas nós sentíamos a emoção, a importância de amar a nação, de ser patriota.

As nossas crianças de hoje ainda estão tendo o seu caráter montado, estão aprendendo com os adultos, elas são espelho das nossas decisões, elas estão na fase inicial do aprendizado. E aprender o hino nacional e a ser patriota desde pequeno é algo comum e necessário.

Você não é considerado patriota apenas por torcer pela seleção na copa, não é apenas isso. Você é patriota quando demonstra amor pela sua nação, sofre junto com ela quando percebe todo mal que fizeram com nosso povo, o patriota não aceita que nosso país seja desvalorizado e se ira quando vê nosso país sendo roubado por ratos que se diziam ser brasileiros, alcançaram a presidência, mas investiam mais fora do país do que dentro. Alimentando país comunistas que escravizam seu próprio povo, enquanto nosso país sofre com secas, enchentes, dívidas externas, entre outras coisas.

Um patriota não é partidário. Um patriota fica revoltado com os próprios aliados se eles fazem merda, porque os prejudicados são os brasileiros, é a nossa nação que perde. 

Você quer que o seu filho pague o mesmo mico que a Vanusa?

Assista:


Então pra finalizar, cantar o hino nacional é uma questão de disciplina, ética, amor ao seu país. Não é só o soldado do exército que deve amar a bandeira e protegê-la; O cidadão comum também.

Estamos entrando em uma era onde a ordem e o progresso serão restabelecidas, os valores restaurados, e muito mais do que grupinhos separados por um governo que pregava união, mas fazia o contrário, seremos nação brasileira.

Um país que valorizará mais a educação do que a banalização, que cantara o hino nacional na escola e não funk. Aliás, na minha época, fazer qualquer brincadeira com o hino nacional era errado, hoje já tem o hino até na versão funk. Triste isso!

Mas é isso pessoal. Você tem todo o direito em discordar de mim, e eu gostaria muito de saber a sua opinião nos comentários abaixo.

E se concorda, compartilhe nas redes sociais.

Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião

Postagem Anterior Próxima Postagem